5 projetos de lei ABSURDOS da CLDF

Share


 

femida-2


05 – PL609/2015 (Robério Negreiros) – PSDB roberio_renovacao_logo2016

Já parabenizei o deputado em outra ocasião, em seu Facebook, por um projeto de lei muito bom.  Falarei dele no futuro. Para o momento, fiquem com o PL 609, de 2015, APROVADO pelo relator, Raimundo Ribeiro, em 2015 (Em sua defesa, o projeto foi a uma comissão de direito do consumidor e, pelo que notei, a análise foi técnica). A força da lei vale mais que o bom senso em casos importantes como este. Leiam:

DISPÕE SOBRE A OBRIGATORIEDADE DOS HOTÉIS, PENSÕES, MOTÉIS, FLATS OU SIMILARES QUE OFEREÇAM SERVIÇO DE HOSPEDAGEM, NO QUAL O CAFÉ DA MANHÃ (DESJEJUM) ESTEJA INCLUÍDO NA DIÁRIA, DISPONIBILIZAREM PARA SEUS HÓSPEDES, SEM QUALQUER ACRÉSCIMO NO PREÇO DA HOSPEDAGEM, CAFÉ DA MANHÃ (DESJEJUM) ADEQUADO PARA CONSUMO POR PORTADORES DE DIABETES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

A assessoria do deputado fez uma análise de custos para os estabelecimentos no caso da aprovação do projeto? Para a alegria dos empresários da área,  o deputado apresentou uma emenda aditiva ao projeto, o que fez com que sua aprovação fosse atrasada. Claro que vai haver acréscimo no preço da hospedagem. Só que o acréscimo será para todos, diabéticos ou não.

http://legislacao.cl.df.gov.br/Legislacao/consultaProposicao-1!609!2015!visualizar.action


04 – PL 151/2015 (Robério Negreiros) – PSDB roberio_renovacao_logo2016

Mais uma vez, o deputado desponta nos projetos de leis mais úteis à população do DF. Para ser bem sincero, o deputado responde com bastante rapidez a questionamentos em seu Facebook. Acredito, também, que não seja difícil ligar para seu gabinete e falar com ele, já que o telefone de contato é divulgado em seu site. Aplaudo a disponibilidade do deputado em uma CL tão distante da população. Mas, como nem tudo são flores, vamos ao projeto.

INCLUI NO CALENDÁRIO OFICIAL DE EVENTOS DO DISTRITO FEDERAL, O BLOCO PÓS-CARNAVALESCO ‘ADOCICA MEU AMÔ’.

Valeu o tempo gasto neste mais de um ano tramitando na casa. Afinal, o evento é tão tradicional que já tem seis anos de existência! E o bloco deve ser mesmo muito bom , pois a relatora (Deputada Luiza de Paula) aprovou o projeto com um aparente entusiasmo carnavalesco.

Mas há de existir um lado bom. Certo? Sim, o evento arrecada toneladas de doações para instituições de auxílio à população carente. Fato. Não nego.

Eu ia escrever sobre mais um projeto seu, mas seus colegas da Casa estão escrevendo pérolas legislativas na velocidade da luz! Sigamos, então.

http://legislacao.cl.df.gov.br/Legislacao/consultaProposicao-1!151!2015!visualizar.action


03 – PL 579/2015 (Agaciel Maia) – PR   Arte-Deputado36123Site1

Ah, Agaciel. Olha, esse projeto é tão profundo, tão necessário, essencial para atender aos anseios de mudança do DF, que, poxa, veja, quis dar o número 03 para você. Toma aí, Agaciel! Vem pra cá! Sobe aqui na posição número 3!

PL-2015-00579-RDI (É tão bom que botei o PDF aqui para vocês. Abra um KitKat, pegue uma coca-cola, e leia).

DISPÕE SOBRE A INSTALAÇÃO DE PONTOS DE RECARGA ELÉTRICA PARA EQUIPAMENTOS PORTÁTEIS E ENTRADAS USB, NOS SHOPPING CENTERS DO DISTRITO FEDERAL

A justificativa é sensacional. É uma festa. Cabe tudo. Mas seria muito mais fácil admitir que Agaciel estava andando no shopping, ficou sem bateria, e, de repente, um insight veio à sua mente com toda a força.

BAHN!!

“Como ainda não temos tomadas públicas para carregarmos nossos celulares? Onde vivemos?”

Em resumo, Agaciel Maia acha que os shoppings do DF devem colocar totens com energia elétrica gratuita e tomadas universais para que você, cidadão, possa carregar seu celular.

Eu também acho, Agaciel. Só não acho que vale o tempo gasto na CLDF.

Shoppings, adiantem-se! Não esperem virar lei e terem que pagar a multa de R$1.000,00 – os seus analistas jurídicos com toda a certeza não estão de olho nessa maravilha legislativa.

Vamos ao número 02!


02 – PL 130/2015 – Ricardo Vale – PT  tuitadas-01-e1454504039974

Esse PL gerou a LEI 5523/2015 . Lembra quando você, leitor, entrava na ponte Costa e Silva para ir ao Lago Sul ou à Asa Sul? Agora, você subirá a ponte Honestino Guimarães:

 

PL 130/2015: DÁ NOVA DENOMINAÇÃO À PONTE SOBRE O LAGO PARANOÁ QUE LIGA A QL 10 DO LAGO SUL À VIA L-04 SUL.

Obrigado, deputado. Trocamos nossas comunicações diárias de “Agora vire à direita e pegue a cóstessilva” por “Agora vire à direita e pegue a onestinoguimarães. Onestinoguimarães? Como assim? A que era cóstessilva! Ah, po. Passamos. Vou pegar o retorno ali da 12. Saco!”. Ganhamos mais comunicação entre os ocupantes do veículo. Precisávamos disso urgente. Nunca poderei agradecer o suficiente.

O pedido de mudança de nome da ponte faz todo sentido para Ricardo Vale. Foi ele quem disse, em seu Twitter, que não se conciliam interesses da burguesia com interesses da classe trabalhadora. Honestino também pensava assim. Mas fica a dúvida: uma casa como a dele, de R$500.000,00, é um interesse comum da burguesia ou da classe trabalhadora?

ricardo vale

Ah! E as doações à campanha do deputado foram todas da “classe trabalhadora”, também, como você pode conferir aqui.

 


Sim! Sim! Chegamos ao PRIMEIRO lugar dessa pequena lista. E o topo da lista vai para…

01 –    PL 2071/2014  – Celina Leão – PPS

Informativo-Online-Novembro-cabeçalho

(Vou deixar o link no título).

“Esse projeto de lei tem por objetivo garantir a população de baixa renda o acesso a preparação para o ingresso nas carreiras públicas e de Estado…”

O projeto GARANTE R$200,00 às pessoas de baixa renda que queiram estudar para concursos públicos.

Por onde começar?

Liliane Roriz, em sua justificativa para a aceitação da tramitação do PL de Celina Leão junto à comissão de assuntos sociais, toca em temas profundos da filosofia ocidental e da administração pública clássica. Temos como exemplo de justificativa,  no texto:

 

  • A família é um fator aleatório não relacionada ao mérito de se passar em um concurso público

 

  • Existe, por falta de ajuda governamental, uma elitização do serviço público

 

Liliane Roriz certamente não gosta da elitização. E a relatora amou tanto o projeto que veio com um substitutivo! Não sabendo que era impossível, foi lá e melhorou a obra!

Olha, eu poderia falar mais sobre isso aqui. Mas deixo o leitor com o texto original. O dinheiro público para o BOLSA CONCURSO – assim chamado por Liliane – vem de cada um de vocês, a elite da qual nenhum Roriz jamais fez parte.

Projeto de Lei

 


Extra – PL 1045/2016 – Cristiano Araújo – PSD


images_cms-image-000459376

Não conheço Cristiano Araújo. Também não conheço algo que o desabone. Antes de encontrar esse absurdo em forma de projeto de lei, admito que encontrei alguns outros projetos muito bons sobre os quais escreverei em outra oportunidade. Hoje é dia de ler absurdos. Então, meu amigo, venha comigo:

 

Torna obrigatória em estabelecimentos como bares, restaurantes, boates, casas de show e similares a comercialização de preservativos.                                                                                              

E não apenas preservativos masculinos, mas os femininos também. Você abriu uma casa noturna? Sinta-se obrigado a vender camisinhas. Ah, elas devem ficar bem expostas.

Proposição

Funciona, sim, amigão.

 

 


politburo

 

 

 

 

2 comentários em “5 projetos de lei ABSURDOS da CLDF

  • junho 13, 2016 em 18:53
    Permalink

    Bem, eu não chamo isto de Câmara e sim de Ratatúia, acho que não precisa explicação.

    • junho 14, 2016 em 10:02
      Permalink

      Bastaria deixar os projetos de lei a cargo da bancada do DF na Câmara dos Deputados – e nem sabemos se isso já melhoraria algo.

Os comentários estão desativados.

Inline
Inline