Make Mexico Great Again!

Share


#mmga

 

Vamos falar sobre como Nieto, presidente do México, conseguiu, com eficiência, diminuir os números de imigrantes ilegais de Belize e Guatemala para dentro das fronteiras mexicanas? Vamos.

Peña Nieto implementou, lá para meados de 2014, o Programa Frontera Sur que, em linhas gerais, seria uma abordagem humanitária para a crise imigratória de países como Belize, Honduras e Guatemala. Nieto sabia que a entrada de imigrantes ilegais desses locais para o México era ruim para os EUA e, com toda a certeza, para seu país. Parte dos imigrantes ilegais capturados nos Estados Unidos eram, depois, repatriados para o país errado: o México. Peña Nieto tinha um problema. Boa parte desses imigrantes deportados dos EUA acabavam em abrigos em cidades mexicanas. Após o tempo máximo de estadia, acabavam nas ruas como pedintes ou criminosos.

O jornal mexicano “El Mañana” sobre os imigrantes ilegais no México: “Muchos de estos migrantes al no encontrar una manera honesta de ganarse la vida se dedican a delinquir recurriendo al asalto, al secuestro y a la extorsión, y en el peor de los casos, integrándose a los grupos delincuenciales del crimen organizado”.

O presidente do México resolveu, então, estabelecer seu novo plano. Criou mais guardas de fronteira, infraestrutura de combate à imigração ilegal, locais de espera para a repatriação, unidades médicas, etc. Até os Estados Unidos se envolveram no programa, fornecendo equipamentos para auxiliar na implementação do plano. O Departamento de Estado americano investiu cerca de $10.000.000,00 no projeto. Acabou? Não. O Departamento de Defesa americano ainda auxiliou com o treinamento das tropas de fronteira mexicanas, além de mais equipamentos de vigilância.

O resultado foi, de certa forma, positivo. As deportações aumentaram consideravelmente e o alcance dos ilegais  foi diminuído. As reclamações de imigrantes com relação aos burocratas e guarda mexicanos, no entanto, aumentaram em 40%.

Mais resultados?

– Os coitadinhos do México deportaram 23.000 pessoas mais que os EUA, em 2016

– Deportações do México nos primeiros 5 meses de 2015 aumentaram mais de 70% em relação ao mesmo período do ano anterior, chegando a mais de  67.000, no total.

-Durante o ano de 2014, 107,814 estrangeiros foram deportados  ou acolhidas pelo benefício de retorno assistido do México a outros países. Em junho de 2015, o número chegou a 67,653 estrangeiros.

E quanto a um possível muro feito pelo próprio México? A ideia nem absurda é, segundo o mesmo jornal citado anteriormente: https://goo.gl/hQmWBq.

Isso é ruim para quem? Vou dar a resposta mais simples: para NINGUÉM.

Em 2010, 72 imigrantes foram mortos pelo cartel mexicano Zeta, perto da cidade de San Fernando. É esse tipo de aventura que aguarda o cidadão guatemalteco.

Peña Nieto construiu uma muralha na fronteira do México com Belieze e com a Guatemala. A diferença do muro de Nieto para o de Trump é que o do presidente americano é feito de ferro, o de Nieto é feita de policiais, em parte corruptos, que, segundo diversos relatos, muitas vezes cobram para liberarem os imigrantes capturados.

A fronteira ao sul também é feita de narcotraficantes:

Segundo a Movimiento Migrante Mesoamericano ( https://goo.gl/4YAx8I ),  20.000 imigrantes desaparecem ou morrem durante a viagem pelo México anualmente (o número é apresentado por organização social que trata de temas migratórios), vítimas do crime organizado, tráfico humano e condições difíceis.

Você pode ser contra a construção do muro. Você pode não saber o que são os “coyotes” e confundí-los com o famoso animal que persegue o papa-léguas. Você pode acreditar nos analistas e especialistas da Globonews e achar que Trump realmente chamou todos os mexicanos imigrantes ilegais de estupradores e criminosos. O que você não pode fazer é negar a necessidade de um controle de fronteira avançado aliado a uma política migratória eficiente. Você não pode negar  pois nem o presidente do México nega.

Make Mexico Great Again!

 


Fontes:
http://www.dailymail.co.uk/news/article-3385694/Mexico-moves-lock-border-wall-government-tries-stem-flow-migrants-heading-north-tightening-porous-southern-border.html
http://www.elmanana.com/sialmurofronterizo%E2%80%A6peroenelsurdemexico-3351816.html
http://elpais.com/elpais/2016/09/18/opinion/1474212274_655720.html
http://www.theglobeandmail.com/news/world/the-costly-border-mexico-wont-discuss-migration/article30397720/
https://www.wilsoncenter.org/sites/default/files/Mexico_Southern_Border_Strategy.pdf
Inline
Inline